[Crítica] Os Defensores - Sem spoiler

Finalmente foi liberado pela Netflix a minissérie Marvel’s The Defenders, tenho certeza que assim como eu, vocês também ficaram alvoroçados desde que foi anunciado o Universo Marvel na Netfix

Não basta sua empresa ser conhecida, ela tem que ser Reconhecida!

Bom, vamos às críticas SEM SPOILERS, caso queira a versão com spoilers, também está liberado aqui no Reconhecida.

Começamos com a integração, antes de você assistir esta minissérie, é obrigatório de certa forma, você assistir as duas temporadas de Marvel Demolidor (DareDevil), e a primeira temporada de Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro (Iron Fist), pois dessa vez, começa exatamente onde terminou todas elas.

Uma coisa interessante que vemos é a maneira orgânica que os personagens se reúnem, não tão forçado como vimos em The Avengers.

Outro ponto que vale a pena ressaltar é o tom sombrio que é dado, nos primeiros capítulos você sente que está vendo algo tão sombrio quanto a primeira temporada de Demolidor, o que torna muito atrativo.

O tom investigativo que vemos em Jessica Jones está presente em cada episódio, isso quer dizer, evite ficar com o celular enquanto assiste.

Embora não foque tanto nas lutas, as cenas de confronto são um deleite para amantes de series de ação.

Em resumo, a Marvel acertou com o que fez até aqui. Como anunciado, a Marvel não prevê uma segunda temporada, mas vamos torcer pra que aconteça, pois está muito bem feito e “deu um gostinho de quero mais”, mas confesso que pra quem não é amante de produtos desse gênero, pode parecer um pouco monótono, mas após assistir as outras series, você verá que faz sentido.

Coach de Carreira, Professor, Palestrante, Geek, Cinefilo e revendedor Jequiti e Ambev… Pois não existe mulher feia, existe mulher que não conhece os produtos Jequiti, ou o homem que bebeu pouco mesmo…