Bandeira amarela entra em vigor e conta de luz ficará mais barata.

Bandeira amarela entra em vigor e conta de luz ficará mais barata.

1 de março de 2016 0 Por Ricardo Januário

Após um ano de reajustes as contas de luz do brasileiro parecem que finalmente ficarão um pouco mais baratas. Agora a bandeira tarifária mudará para amarela e em breve verde.

A partir de hoje a sua conta de luz ficará mais barata. Entra em vigor a bandeira amarela, que acrescenta R$1,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido. Desde o início da implantação do sistema de bandeiras o Brasil estava com a bandeira vermelha, que adicionava R$4,50 a cada kWh, e recentemente a bandeira vermelha foi dividida em duas faixas, sendo a menor adicionando R$3,00 kWh consumido.

Já foi anunciado pela ANEEL que a partir de 1º de abril entrará em vigor a bandeira verde, quando passa a não haver incidência de taxa extra de consumo, o que tornara a conta um pouco mais barata. A redução do valor no mês de março pode não ser sentida pelos moradores de Viradouro, já que no final de 2015 foi aprovada lei que reajusta o valor da CIP de R$5,00 para R$8,50.

Entenda como funciona o esquema de bandeiras na conta de energia:

Conta mais barata a partir de hoje.

Conta mais barata a partir de hoje.

A bandeira vermelha divide-se em dois patamares:

1- R$3,00 a cada kWh consumido;

2- R$4,50 a cada kWh consumido.

A bandeira amarela adiciona R$1,50 a cada kWh consumido.

A bandeira verde é livre de cobrança adicional.

O sistema de bandeiras foi implantado depois do aumento do consumo e a forte estiagem que afetou o país desde 2013, estes fatores fizeram necessária a ativação das usinas termelétricas, que além de produzir uma energia mais poluente, ainda é mais cara.

No fim de 2015 com a volta das chuvas e a economia gerada com o horário de verão houve uma reorganização das faixas e valores das bandeiras, foi quando a bandeira vermelha passou a ser divida em dois patamares, um com o valor de R$4,50, utilizado quando a situação energética for considerada crítica e outro com o valor de R$3,00, para quando as chuvas começarem a aumentar e o consumo se estabilizar.

Atualmente a bandeira amarela significa que há economia de energia e as chuvas estão abastecendo os reservatórios das hidrelétricas, que antes chegaram a ter menos de 40% de seus níveis disponíveis. Para abril está prevista a mudança para a bandeira verde, isso significa o fim da cobrança adicional pelo menos enquanto as termelétricas não forem utilizadas, o que vai depender do consumo energético no país e das chuvas manterem o volume dos reservatórios. Caso esses fatores mudem, é possível que a bandeira seja modificada novamente e haja incidência de cobrança extra.