Viajar só

Viajar só

16 de abril de 2016 0 Por Kimberly

Viajar é bom, né? Conhecer novos lugares e pessoas, apreciar novas culturas e comidas. Fora a sensação de sair da rotina. Viajar é bom demais! E aquela vontade de conhecer outra cidade, estado ou país sozinho? Só você e sua mochila. Já teve? Tenho certeza que sim.

Dizem que é uma experiência única. Mas enquanto não arrumamos coragem de fazer isso, vamos a uma lista de filmes que abordam exatamente este tema: viajar só. E os motivos são vários, desde válvula de escape para frustrações e perdas até solução para mudar de vida e sair da nossa caixinha. Bora?

Na natureza selvagem

Reprodução/Na natureza selvagem

Que-filme-fantástico! Tenho certeza que essa também vai ser sua reação ao assistir este longa de 2007 dirigido por Sean Penn. E se você não se encantar com a história, com certeza vai se encantar com as paisagens. O filme é baseado na experiência real de Christopher McCandless, lá nos anos 90. Ele se formou na escola, tinha nota suficiente para ingressar numa ótima universidade, tinha um bom dinheiro guardado, mas resolveu doar essa grana, fugir de casa e conhecer todo o Estados Unidos assim, a pé, sem identidade, sem dinheiro ou bens, só com uma mochila nas costas. O objetivo dele é chegar ao Alasca e neste meio tempo, faz vários amigos. Garanto que você também vai perder o fôlego com este filme. Preste atenção na mensagem final, se, pelo menos não te abalar um pouquinho, vai mudar sua vida. E pra você que achou que não ia dar uma sugestão de leitura, Na natureza selvagem também é livro, viu.

Comer, rezar, amar

A serenidade no olhar

A serenidade no olhar

Vamos de romance e Julia Roberts? Também inspirado em um livro, Comer, rezar, amar é a aventura de Elizabeth pelo mundo, na tentativa de se curar de amores que não deram certo. Ela larga tudo e passa uma temporada na Itália, aproveitando o melhor da comida, na Índia, rezando meditando e em Bali, seu objetivo é só completar o ciclo, procurar sua paz espiritual e continuar sua vida. Mas lá ela encontra mais do que isso, se é que você me entende. Especialmente para as mulheres, é o tipo de filme que você gostaria de viver cada detalhe, de tão apaixonante que é. Uma amiga afirma que a história mudou sua vida.

Diário de motocicleta

Reprodução/ Diário de motocicleta

Muito além de um filme, este é um drama bibliográfico que conta a história de ninguém menos que Che Guevara. Até então estudante de Medicina, o jovem decide conhecer a América do Sul munido de um amigo e uma motocicleta. Isso até ela quebrar oito meses depois da partida. O jeito foi continuar a jornada caminhando e pedindo caronas. Além do fato de conhecerem muitos lugares e pessoas, o carro chefe desse tipo de filme, este também faz crítica à sociedade que privilegia uns e ignora outros, o tal capitalismo.

127 horas

Tenso, bem tenso

Tenso, bem tenso

Este não é exatamente um filme sobre viajem ao mundo, mas ainda fala sobre se aventurar sozinho e ainda é uma história real. Aron é apaixonado por esportes radicais, como escalar montanhas e um dia, ele resolve fazer isso sozinho. Um acidente acontece e ele preso durante 127 horas (daí o nome do filme) com um dos braços prezo entre duas rochas. As seis indicações ao Oscar devem ao fato de o filme mostrar a tensão que Aron sofreu durante este tempo, a falta de água e alimentos, o medo, fora os delírios e flashbacks, todos gravados por uma câmera que levava consigo. O jeito que ele encontra de se salvar é, simplesmente, amputando seu próprio braço com o quase nada de recursos que tem. Tenso, bem tenso, É um daqueles filmes que garantem imersão total.

Livre

Reprodução/Livre

Quem imaginaria Reese assim?

Quem imaginaria a garota propaganda da Avon, Reese Whiterspoon abdicar qualquer sinal de vaidade para viver a personagem Cheryl, que depois de perder a mãe e se render ao vício por drogas, decide se aventurar pela natureza, caminhando com uma mochila nas costas por 1100 milhas pela costa do Oceano Pacífico. O filme mostra os medos e prazeres que Cheryl teve durante esta jornada, que a tornou uma pessoa forte o suficiente para retomar sua vida. O filme mostra esta aventura já pouco segura, aos olhos de uma mulher, o que torna tudo mais complicado.

E ai, gostou destes filmes? Comente ai e, se tiver alguma sugestão, pode me contar!