IPVA e multas serão cobrados separadamente a partir de 2018.

Agora multas serão corrigidas e infrator devera imprimir o boleto com valor atualizado para pagamento.

Proprietários de veículos devem ficar atentos a partir de agora. As multas de trânsito já não virão mais junto com o demonstrativo de débitos do IPVA. Além disso, os valores serão corrigidos com juros e referentes à SELIC, que serão calculados a partir do mês seguinte ao atraso do pagamento, até o mês anterior à efetivação do pagamento e mais 1% de mora.

Estas mudanças ocorreram devido à lei federal 13.281 de 2016, que altera valores de infrações e artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A impressão dos boletos deve ser feita no site do DETAN de seu estado através da consulta de placa.

Para obter o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) de 2018, é preciso pagar todas as multas, o IPVA, licenciamento taxa de bombeiros, e o DPVAT. Quem estiver com alguma pendência não pega o documento e circular sem o documento pode acarretar em multa de R$ 293,47, apreensão do carro além das taxas para a liberação.

Avatar

By Ricardo Januário

Formado em jornalismo como aluno destaque da turma,técnico em Informática, Administração, Secretariado, Informática para Internet e Especialista em Java, Com formação plural sou programador, apaixonado por economia, filosofia e sociologia. Quase um viciado em informação, gosto de compartilhar conhecimento livremente com aqueles que têm interesse em absorver algum conteúdo, no mínimo, curioso.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?