Os boys da banda Seventeen: (No chão, da esquerda para direita) Dino, MinGyu, Hoshi, DK, Joshua, SeungKwan; e (No sofá esquerda para direita) Vernon, THE8, Woozi, WonWoo, Jun, S.Coups (o líder) e JeongHan. (Foto: Seventeen/Reprodução)

Estamos acostumados a consumir o entretenimento vindo dos Estados Unidos, principalmente. Em escala menor, bem menor, apreciamos o que é produzido aqui mesmo, no Brasil; e em raros casos, os filmes e músicas europeus. O que vem do oriente, podemos considerar quase que desconhecido. Até agora.

A música pop, variação da palavra popular, faz parte da cultura de uma sociedade, pois atinge uma camada grande da população e não agrada apenas um grupo específico. Assim como o sertanejo, o funk e o axé, por exemplo, são o pop brasileiro; do outro lado do mundo, na Coreia do Sul, há um gênero musical que extrapola limites e acabou se tornando estilo de vida.

O E ai, cultura? desta semana entrevistou a especialista no assunto, Clariana , 21, que acompanha de perto as novidades do estilo musical e explica pra gente o que é debutar, como formam-se as boy e girlbands e um pouco de como é o treinamento quase ninja dos jovens que sonham com este estilo que não envolve apenas música, mas também dança, estética, comportamento e até alimentação.

Uma das bandas que vem se destacando é a Seventeen, que tem 13 membros e é considerada a maior em número de integrantes. São eles na foto de abertura da reportagem. Além de artistas da Coreia, a boyband também é formada por chineses e norte-americanos. Notou o apelo estético da banda? Isto não é só comum, mas prioridade no estilo, uma marca registrada. Em alguns casos, é difícil saber se o artista é homem ou mulher, e essa é a intenção.

Clariana brinca: “Você consegue reconhecer quem é cada membro? Pra nós, do ocidente, é mais difícil ainda, mas isso faz parte do estilo. E, quando você acha que memorizou o rosto de cada um, eles mudam de cabelo. O Kpop, estilo musical da Coréia do Sul, tem conquistado cada vez mais seu espaço na música mundial. Prova disso é que, até bem antes de uma boyband ou girlband estrear, já tem vários fãs, graças a estratégias como shows, minisséries e programas que mostram o cotidiano dos integrantes da banda”.

Mas, o que é boyband e girlband?

São bandas/grupos somente de meninos e de meninas, respectivamente. Lá na Coreia, eles são chamados de idols. Além de cantarem, eles também dançam. Não existe um número exato de membros para esses grupos, que podem variar de 4 até 13 membros, mas existe uma com 28 integrantes.

Como são formadas essas bandas?

Na Coreia do Sul, tem várias empresas de entretenimento, onde são realizadas audições no próprio país ou em outros. As audições podem ser presenciais ou pela internet. Muitas pessoas se candidatam para essas audições, várias passam, mas poucas conseguem debutar.

Como um grupo consegue debutar?

Depois que uma pessoa é aprovada na audição começa um intenso período de treinamento, o chamado treinee, que é o período que o candidato passa por muitas dificuldades, lágrimas e provas a todo momento. Tem outras pessoas que são convidadas a participar da empresa porque existem os “olheiros” que, quando veem uma pessoa com o perfil, convidam para participar, e estes nem precisa passar por audição.

O que eles fazem no período de trainee?

Quando são trainees, eles recebem das empresas aulas de canto, dança, atuação, etiqueta, fazem dieta, entre outras coisas. Os meninos e meninas são moldados para serem melhores que os concorrentes. Na área da dança, eles ficam treinando muitas horas seguidas por dia com poucas pausas para descansar. Chegam a dançar 20 horas seguidas. É um período muito árduo. Eles vão para o dormitório só para descansar umas 5 ou 6 horas e depois voltam para a agência para mais um dia longo de treinos.

Eles não ficam em suas próprias casas?

As audições são realizadas em certas cidades. A maioria das pessoas que se candidatam para audições moram em outras cidades e chegam a viajar só para audição. Com a aprovação, eles mudam para Seul, capital da Coreia do Sul, porque é lá onde estão as sedes da maioria, se não todas, das empresas de entretenimento.

Eles têm uma vida normal? Existem restrições?

Não e sim, respectivamente. A rotina deles é do dormitório para a empresa e da empresa para o dormitório. Para as pessoas que ainda não terminaram o Ensino Médio, além desses lugares, vão também para a escola. Algumas empresas não permitem que eles namorem, mas tem outras que não se posicionam sobre o assunto porque, como a rotina é muito puxada, não dá para passar um tempo com os amigos e principalmente com a família, então acabam não tendo tempo para namorar. Algumas empresas também fazem as pessoas entrarem em uma dieta específica.

 

Avatar

By Kimberly

Jornalista e escritora, 21 anos. Apaixonada pela escrita, filmes de suspense, literatura clássica brasileira e gastronomia. Caçadora e contadora de histórias de segunda a sexta-feira e fotógrafa das coisas bonitas da rotina, aos finais de semana.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?